10 de junho de 2009

Cinema de Bordas

No dia 06 de maio de 2009, tivemos uma palestra muito interessante com o palestrante Rogério Ferrarás, durante o IX Intercap, na Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), a respeito do Cinema de Bordas.


Cinema de Bordas é o termo utilizado para se referir a filmes que se basearam em outros filmes utilizando-se de cenas, idéias e até mesmo músicas que foram utilizadas em outras peças cinematográficas, ou seja, em outras palavras, podemos fazer alusão a própria metalinguagem presente neles.

Enquanto explicitava sobre os filmes, Rogério Ferraraz apresentava trechos de filmes para exemplificar a sua tese. Tais filmes apresentados durante a palestra foram:

- Os Saltibancos (Os Trapalhões).


video

Link no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=YHJKA8MjK7w

Percebe-se nesse trecho que os Trapalhões fazem alusão ao Velho Oeste presente nos filmes "Hollywoodianos".


- As Sete Vampiras.

video
Link do Trailer no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=V-qcWd4oTbY

Link para o Outake no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=5pouAi0JIxg

- Gringo não perdoa, mata.

- Rambú III.
Como já realizei diversas pesquisas/ trabalhos acadêmicos enfatizando o assunto, mas na esfera textual, verifiquei que a metalinguagem está presente também na área cinematográfica e foi extremamente importante tomar conhecimento a respeito disso.

Joyce C. L. Gomes – RGM 61096 – Up & Down – UMC – Mogi das Cruzes/SP.

Um comentário:

  1. Nem todos os filmes de bordas fazem essa colagem explícita, alguns são considerados de bordas por estarem "às bordas" do cinema convencional, procure!

    ResponderExcluir